Pesquisador da Embrapa é demitido por críticas à instituição


O ex deputado Federal pelo PSDB de São Paulo, Xico Graziano, informou agora há pouco pelo Twitter que o pesquisador da Embrapa, Zander Navarro, foi demitido pelo Presidente da instituição, Maurício Lopes. De acordo com as publicações de Graziano, Navarro teria sido demitido pelas críticas que fez à Embrapa em artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo no dia 5 de janeiro.

Em seu artigo Por favor, Embrapa: Acorde!, Zander aponta desfunções que comprometem a capacidade da instituição de pesquisa do agro de seguir entregando soluções aos desafios do setor no futuro. De acordo com Navarro, a Embrapa usa seus feitos do passado e sua importância estratégica para mascarar essas disfunções.


Pessoalmente acho que Zander Navarro tem total razão nas críticas que fez. Mas, ainda que ele estivesse completamente equivocado, não poderia ser demitido apenas por discordar dos rumos da instituição.Para quem não conhece, Zander Navarro é um raridade na pesquisa do agro. É um dos poucos sociólogos ocupados em estudar o setor. Já vaticinou o fim da reforma agrária, a farsa do conceito de agroecologia e é um dos organizadores do livro O Brasil Rural no Século XXI.

Vale ressaltar, ainda no calor dos acontecimentos, que uma das críticas que fez à Embrapa em seu artigo, foi a aventura da instituição na África. Já mostrei aqui nesse blog, que o ex presidente Lula entregou a tecnologia brasileira de produção agrícola no cerrado aos africanos. A ação de Lula criaria um concorrente ao agro brasileiro muito mais próximo no mercado asiático do que nós.

Relembre: Plano de Lula para acabar com agronegócio brasileiro continua em andamento

Veja também: Brasil investe em desenvolvimento agrícola de MoçambiqueMaurício Lopes, (i)responsável pela demissão absurda de Zander Navarro, foi agente direto da ação do PT. Aliás, Maurício Lopes foi nomeado presidente da Embrapa na gestão Dilma Rousseff.

Independentemente disso, Maurício Lopes deve explicações aos homens e mulheres do agro sobre a atitude de demitir um pesquisador da Embrapa por discordar das suas opiniões.

A imagem é da Agência Senado

“Informação publicada é informação pública. Porém, alguém trabalhou e se esforçou para que essa informação chegasse até você. Seja ético. Copiou? Informe e dê link para a fonte.”

Comentários

Zander Navarro é uma das mais lúcidas mentes do setor agropecuário. Todavia, eu requeiro a paternidade das críticas à EMBRAPA. Eu, que sou do setor privado poderia ser demitida por esse presidente, que não aceita o contraditório?