Seis Unidades de Conservação já perderam 395 mil hectares para o fogo em 2017


Depois que passamos a divulgar diariamente aqui no blog o número de Unidades de Conservação, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pelas áreas, passou a divulgar relatórios diários sobre o tema. Segundo o relatório divulgado hoje, 395.830 hectares já foram calcinados pelo fogo em seis Unidades de Conservação. A área equivale a 400 mil campos de futebol.

No Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, no Pará, os incêndios começaram no final do mês de agosto. Até agora, a área atingida pelo fogo foi 5.046 hectares. De acordo com ICMBio, os brigadistas lutam para proteger a sede do Parque e a Floresta Nacional de Carajás, que é vizinha à UC.

No Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, a área perdida até agora é de 4.309 hectares. As trilhas e morro de São Jerônimo estão fechados para visitação.

19/09/2017-  Ministro Interino Marcelo Cruz  foi ao Tocantins para acompanhar o trabalho do Prev-fogo e assinar protocolo de ações contra as queimadas.

Já no Parque Nacional do Araguaia, entre Mato Grosso e Tocantins, os incêndios estão espalhados em diversos pontos da unidade. A área total atingida pelo fogo até agora foi de 322.412 hectares.


No Parque Nacional da Serra da Canastra, em Minas Gerais, onde ficam as nascentes do Rio São Francisco, a área perdida até agora é de 33.015 hectares. Já na Floresta Nacional de Brasília, que conta com o corpo de bombeiros do Distrito Federal, a área calcinada até agora é de 1.148 hectares. Há incêndios também no Parque Nacional da Ilha Grande, no Rio de Janeiro, área de mata atlântica, onde 30 mil hectares já foram calcinados.

Não há informações sobre as outras 151 Unidades de Conservação onde há focos de calor.

Este blogger espera que o ICMBio continue publicando relatórios diários sobre os incêndios nas Unidades de Conservação.

Acompanhe a página do blog no Facebook e veja a relatório diário com os Unidades de Conservação em chamas pelos país.

Com informações de imagem do ICMBIo

“Informação publicada é informação pública. Porém, alguém trabalhou e se esforçou para que essa informação chegasse até você. Seja ético. Copiou? Informe e dê link para a fonte.”

Comentários

Isso apenas em Unidades de Conservação Federal.
Das 324 Unidades de Conservação 157 em chamas praticamente a metade. Certamente o que não está em chama ainda não foi desapropriado. Essa é o que queremos para a preservação do meio ambiente?