Fiscais do Ibama entram em confronto com amazônidas no oeste do Pará

Barricada montada pela população da Amazônia em Trairão

Fiscais do Ibama e do ICMBio recuaram após um confronto com moradores do município de Trairão, na BR-163, oeste do Pará. Os fiscais tentavam chegar a Itaituba no último sábado (19) com três caminhões apreendidos na vicinal do Arizona, a 15 km de Trairão, mas foram impedidos pela população local. Os moradores fizeram um bloqueio com pneus e madeira, atearam fogo a uma ponte e passaram a atirar pedras nos fiscais ambientais.

Os agentes atearam fogo nos caminhões em plena zona urbana de Trairão e recuram em direção ao município de Novo Progresso. Não há informações sobre feridos.

A região da BR-163 está conflagrada desde a tentativa do Ministro do ½ Ambiente de ampliar o mosaico de Unidades de Conservação do Jamanxim sobre áreas livres das regras do ICMBio (veja aqui). Em julho, uma carreta com oito pickups do Ibama foi incendiada pelos moradores do distro de Cacheira da Serra em protesto com a queima de máquinas pelos órgão ambiental (veja aqui).


Embora o sofrimento da povo da região (veja aqui) não alcance repercussão nacional, a queima dos veículos do Ibama alcançou (veja aqui).

Em represália, Ibama e ICMBio reforçaram as ações de combate à economia da região (entenda) incluindo o uso de força militar financiada pelos governos da Noruega e Alemanha.

Você pode querer ler também: Vamos conversar sobre a independência da Amazônia?

Com informações do portal Folha do Progresso e imagens de Reginaldo Ribeiro no Facebook

“Informação publicada é informação pública. Porém, alguém trabalhou e se esforçou para que essa informação chegasse até você. Seja ético. Copiou? Informe e dê link para a fonte.”



Comentários

Só uma coisa que não gostei da reportagem é dizer que a população de Cachoeira da Serra colocou fogo no caminhão cegonha, pois as suspeitas são muitas e sobre muitos...