quinta-feira, 2 de março de 2017

Vem ai o assédio animal por aeronaves não tripuladas

O site The Daily Beast nos informa que as vacas tem um novo inimigo: os drones. A Câmara dos deputados do estado de Utah, nos Estados Unidos, aprovou por unanimidade uma lei que torna crime o chamado "assédio animal com aeronaves não tripuladas".

Pecuaristas americanos pressionados pela necessidade de adotar novas tecnologias passaram a tentar o pastoreio utilizando drones. Mas os críticos afirma que os voos rasantes e barulhentos dos drones estressam as vacas e podem causar estouros de boiadas.

Caso a medida passe no Senado, será a primeira lei específica para proteger os animais da ameaça por controle remoto, que está com preço cada dia mais acessível.

Um dos idealizadores da lei, Scott Chew, é um fazendeiro dos Estados Unidos. Para ele, a utilização de forma maliciosa do objeto pode causar sérios
problemas. “Há relatos de cavalos que se assustaram com um drone se chocando contra a cerca da fazenda. Essa ‘caçada’ estressa as vacas, que não precisam correr muito e podem até morrer caso tentem atravessar uma cerca ou outra estrutura”, aponta Chew.

A ideia é que a punição chegue a um ano de prisão e uma multa superior a R$ 7,5 mil. “Uma vaca que acabou de ter um filhote pode se perder caso consiga quebrar a cerca no desespero. O filhote pode ficar ‘órfão’ e perdido”, completa Chew.

Veja a íntegra do artigo no The Daily Beast: Cows Have a New Enemy: Drones

Imagem: Sarah Rogers/The Daily Beast

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflexões sobre meio ambiente, pecuária e o mundo rural brasileiro. Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...