Homenagem das pick-ups RAM aos agricultores americanos

O comercial a seguir foi ao ar ontem durante a transmissão da final do campeonato de futebol americano nos Estados Unidos, o Superbowl. Talvez seja o evento de maior audiência da TV naquele país. O comercial reproduz imagens feitas por fotógrafos famosos por capturar a vida no campo nos EUA sob narração de um texto antigo feita pelo radialista Paul Harvey em 1978. Logo depois do vídeo há uma tradução livre do texto narrado no vídeo. Emocionem-se.


Então Deus fez o agricultor

E no oitavo dia, Deus olhou para seu paraíso e disse: “Preciso de alguém que cuide desse lugar”

Então, Deus fez o agricultor.

Deus disse, “Preciso de alguém disposto a levantar antes do amanhecer, tirar leite, trabalhar o dia inteiro, tirar leite novamente, jantar e ir até à cidade e ficar até depois da meia noite numa reunião de conselho escolar.”

Então, deus fez o agricultor.

Deus disse, “Preciso de alguém disposto a passar a noite acordado cuidando de um potro recém nascido, vê-lo morrer e enxugar os olhos e dizer, “talvez ano que vem”. Preciso de alguém que possa transformar um tronco de árvore em um cabo de machado, ferre um cavalo com um pedaço de pneu usado, que possa fazer um arreio com pedaços de arame, sacos de ração e sapatos velhos. Alguém que, durante a época de plantio e de colheita encerre suas 40 horas de trabalho semanais na terça-feira ao meio dia e passe mais 72 horas penando em cima do trator.

Então, Deus fez o agricultor.

Deus disse, “Preciso de alguém forte o suficiente para derrubar árvores e empilhar fardos, mas ainda gentil o suficiente para aparar cordeiros recém nascidos, desmamar porcos e cuidar de galinhas, que seja capaz de parar seu trabalho por uma hora para cuidar da perna quebrada de passarinho.”

Deve ser alguém capaz de arar fundo, reto e sem moleza. Alguém que semeie, capine, alimente, crie, e dome, e are, e plante, e transforme lã em linha e coe leite. Alguém que mantenha uma família unida com a partilha de laços fortes. Alguém que sorria, e depois olhe e agradeça com um sorriso nos olhos quando seu filho diga que quer passar o resto da vida fazendo o que seu pai faz.

Então, Deus fez o agricultor.

"Ao agricultor em cada um de nós"

P.S.:
Vendo uma pick-up Chevrolet S10 ano 2012 com 22450 km rodados completa e em estado de zero. Vou comprar uma Dodge RAM.

Comentários

lypimentel disse…
Excelente! Esses caras merecem essa homenagem e muito mais.

Se fosse no Brasil, eu ainda adicionaria: "... Ele queria alguém que fosse capaz de aguentar todo tipo de calúnia, de ser considerado inimigo público, bombardeado por toda sorte de impostos, desfavorecido em relação às leis trabalhistas apesar de gerar 40% da mão de obra direta e indireta no Brasil, acusado de destruir rios, florestas, mares, fauna, flora, etc. Ele queria alguém que, apesar de todas essas dificuldades, continuasse a produzir incessantemente para combater a fome no mundo!"
Régis disse…
O título dessa notícia esclarece tudo: homenagem aos agricultores americanos.
Lá as pessoas são civis, amam seu país.
Os três poderes de lá defendem os interesses da nação e não se deixam levar por interesses escusos.
VIVA A AMÉRICA!!
Ciro Siqueira disse…
Impressionante esse vídeo. Não consigo parar de ver e ouvir.

A publicidade no Brasil se ubanizou tanto que perdeu a capacidade de conversar com o Agro.
Uma propaganda como essa é inimaginável no Brasil.

Em tempo, assim como o João decidiu vender a Chevrolet S10 dele, tô vendendo minha Mitsubishi L200. Vou comprar um RAM nem seja ali no brejo.
e1000 disse…
Um país só e' grande quando valoriza seus fazendeiros..

Os EUA sempre homenagearam seu setor rural..a figura mais conhecida no planeta, graças aos seus filmes ,e' o Cowboy.. o Vaqueiro.

Infelizmente, aqui valoriza-se o subversivo terrorista e os ditadores assassinos de esquerda..
Luiz Prado disse…
Esse é um país que sabe a importância da produção de alimentos para a economia e para o bem estar da população. A Europa também sabe. Aqui é que não somos uma nação, mas um aglomeado de ideias patetas, com um governo que parece indiferente aos riscos de ter que importar alimentos básicos, além de produtos agrícolas elementares como óleo de babaçu. Saco!
Tailor disse…
Bahhhh!!!, de arrepiar.
Tailor disse…
Bahhhhhh!!!! de arrepiar o pelo.
E por estas e outras que digo que este blog tem que continuar.
Parabéns.
jerson disse…
é de chorar, aqui atiram merda na nossa cara e mandam a floraestal nos multar e os juizes para nos ferrar, acho melhor entregar o brasil para os americanos, ai sim nós seremos tratados com eles lá. lastimavel
Liz disse…
Muito legal!! E o original confirma que é verdade.

A quem interessar: "não havia ainda nenhuma planta do campo na terra; nenhuma erva do campo tinha brotado, pois o Senhor Deus ainda não tinha feito chover sobre a terra, e também não havia homem para lavrar o solo" Gên.2:5

"O proveito da tera é para todos; até o rei se serve do campo." Ecl. 5:9
Souza Ata disse…
Viva a America!!!. Este video deveria ser apresentado com traducao, no horario nobre aqui no Brasil. Os produtores tem que se organizar melhor para reagir a atitudes desastrosas cometidas por este governo contra a classe que vive no campo.