Ministra do Meio Ambiente defende reforma do Código Florestal

A Ministra do Meio Ambiente (MMA), Izabella Teixeira, voltou a defender a proposta de reforma do Código Florestal já aprovada pelo Senado e que irá à votação na Câmara em março. A declaração foi dada hoje durante apresentação dos dados de desmatamento em 2009 nos biomas, pampa, cerrado e mata atlântica.

Segundo os dados do MMA, o ritmo de desmatamento nesses biomas caiu entre 2008 e 2009. Na Mata Atlântica, bioma que mais perdeu vegetação nativa, o desmatamento registrado se aproximou de zero por cento, foi de 0,02%. O estudo divulgado hoje completa a base de monitoramento de todos os biomas brasileiros. "O ritmo de desmatamento é muito menor do que o verificado até 2008", observou Izabella Teixeira ao apresentar os dados. Segundo dados do Inpe, o desmatamento em 2009 na Amazônia também caiu em relação ao ano anterior.

O curiosos é que os jornais e as ONGs, tão rápidos em publicar aumentos no desmatamento, não dão tanta expressão às reduções. É por essas e outras que, aos olhos da sociedade, os problemas ambientais são sempre graves: crise ambiental é notícia enquanto solução ambiental não é. As ONGs nadam de braçada nesse defeito do jornalismo.

Comente, deixe sua opinião: por que você acha que crise ambiental é notícia, mas solução de crise ambiental não é notícia?

Comentários

Ciro Siqueira disse…
A minha opinião é a de que há uma crise de talento no jornalismo.

Qualquer rábula é capaz de escrever uma reportagem sobre uma tragédia, mas é preciso ter talento para atrair atenção com um texto sobre uma boa notícia.
psycotic disse…
Não tem nada haver com crise de talento no jornalismo.
Todos sabemos da desigualdade social do nosso País, e sabemos que as leis não não tem valor quando se fala de desmatamento, grilagem de terras ou até conflitos agrários com morte. principalmente aqui no norte, onde os madeireiros promovem suas leis com o apoio da maioria dos nossos deputados donos de grandes fazendas ou que lucram de alguma forma com a exploração ilegal de terras no nosso país.