Alelúia, alelúia!! O Ministro da Agricultura põe a Embrapa no encalço das verdades sobre o Código Florestal

Ministro da Agricultura
em foto da ABr
No momento em que a reforma do Código Florestal caminha para seu desfecho no Legislativo o Ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, que passou toda a tramitação do texto sentado do lado errado do banquinho de tirar leite, resolveu se aprumar do lado certo da banqueta.

O deputado Luiz Carlos Heinze acaba de informar com exclusividade ao jornalista João Batista Olivia, do Notícias Agrícolas, que o Ministro Mendes Ribeiro determinou ao presidente da Embrapa, Pedro Arraes, que faça um levantamento das áreas agrícolas que terão que ser destruídas no processo de adequação das propriedades rurais ao Código Florestal pelo texto aprovado no Senado. De acordo com o Deputado Heinze, os dados estarão disponíveis já na próxima semana.

Os deputados pretendem usar essas informações chanceladas pela Embrapa para convencer a Ministra do Meio Ambiente, Izabella Peixeira, a aceitar algumas mudanças no texto negociado pelos ambientalistas dela junto aos senadores. Os números servirão também para esclarecer a sociedade sobre o que está sendo negociado de fato nessa reforma: não se trata do que vai ser desmatado daqui para frente, mas sim das áreas agrícolas que serão destruídas daqui para frente.

Até agora, muito em função da omissão do Ministério da Agricultura, os ambientalistas conseguiram enganar a sociedade ligando a reforma do Código Florestal a um sofismático anseio de ruralistas em destruir a Amazônia. Isso é uma simplificação bocó, mas eficaz para convencer jornalista acrítico e militonto urbano a fincar pé contra a agricultura (algo difícil de fazer falando a verdade).

Quem é familiarizado com esse tema sabe que a reforma do Código Florestal não visa o avanço da fronteira, mas sim impedir o recuo da fronteira agrícola sobre as áreas já agricultadas. Isso ficará claro com os dados da Embrapa. É uma pena que eles não vieram antes. Mas, como diz o velho deitado, antes tarde do que mais tarde... ou nunca.

Ainda tenho dúvidas se o Ministro da Agricultura vai ter sangue no olho para apresentar esses dados. Mas estou aqui torcendo por ele. Mais um peleiando pela agricultura brasileira é sempre bem vindo, sobretudo quando é o Ministro da Agricultura.

Semana que vem a gente descobre junto.

Veja a entrevista do Deputado Heinze ao João Batista onde ele faz a declaração:

Comentários

Ciro Siqueira disse…
Em tempo, ao longo de toda a vida deste blog botei pressão em dois grupos de pessoas: naqueles que atacam a agricultura e os produtores rurais do Brasil e naqueles que não defendem a agricultura e os produtores rurais do Brasil.

Algumas poucas vezes a pressão resolve e faz as pessoas agirem. Alguns poucos deixam de atacar a agricultura, outros passam a defender a agricultura e há ainda aqueles, dos dois grupos, que passam a me atacar.

Há atitudes e atitudes e é preciso sobreviver a todas elas.
Braso disse…
É isso ai caro Ciro, vamos todos lutar até o fim e depois recomeçar de novo.