O primeiro milhão a gente nunca esquece

Caros, até o final dessa semana nosso blog deve virar o primeiro milhão de paginas visualizadas. Muita água passou por baixo da ponte desde a primeira postagem (Reserva Legal: Reduzir ou não reduzir, será a questão), em março de 2007, bem antes do Código Florestal ganhar a atenção da mídia com a entrada de Aldo Rebelo na batalha.

Acompanhe aqui ao lado o contador de visualizações de páginas oficial do blogger. Em algum momento de hoje a domingo o contador deve virar o primeiro milhão. Agradeço a todos os que por aqui passaram e a todos os que contribuíram de alguma maneira com o blog do Código Florestal. Defender a agricultura e os agricultores brasileiros, expor a face oculta do Código Florestal e arrancar a pele de cordeiro do fundamentalismo ambiental sempre foram, e continuarão sendo, a alma desse espaço.

Obrigado a todos e que venha o próximo milhão.

Comentários

XAC disse…
Parabéns Ciro. É o reconhecimento de um trabalho bem feito, informando com diligência, debatendo com coerência e expondo aqueles que querem substituir a ciência por ideologia barata.
Ana disse…
Já que o blog vai para a casa de um milhão de visitas de leitores, porque tem por finalidade arrancar peles de lobos travestidos de cordeiros e trazer a verdade à tona,um artigo publicado no Jornal "Estadão de SP" de 02/11/11, mostra um psicólogo cientista que resolve, ele mesmo, arrancar a própria pele e confessar que de cordeiro não tinha nada, pois era todo coberto de falsidade que segundo ele, pelas fortes cobranças.Depois desta, fico pensando o que pensar sobre os nossos... Eis o artigo:
"Psicólogo holandês admite ter falsificado dados de pesquisas
Pesquisador se diz envergonhado e confessa que sucumbiu à pressão por desempenho
02 de novembro de 2011 | 11h 06
Reuters
Um psicólogo holandês admitiu ter maquiado e falsificado dados de pesquisa durante vários anos em estudos que ele publicou em respeitados periódicos científicos.
Veja também:
Sul-coreano é condenado por fraude
Diederik Stapel, que trabalha na Tilburg University, na Holanda, disse que "falhou como cientista" e que estava envergonhado do que tinha feito, mas que foi levado à falsificação pela constante pressão por desempenho.
O respeitado periódico Science, que publicou trabalhos do psicólogo no início deste ano, expressou preocupação em um editorial no qual diz que agora tem sérias preocupações em relação à validade das descobertas de Stapel.
O psicólogo foi suspenso de seu trabalho na universidade em setembro, quando a investigação começou.
"O relatório oficial indica que a extensão da fraude de Stapel é substancial", diz o editor-chefe da Science na edição online do jornal.
Em artigo postado na internet, nesta semana, Stapel admitiu a falsificação e se desculpou por seus atos. "Eu falhei como cientista, como pesquisador", disse. "Eu ajustei dados e falsifiquei pesquisas. Não somente uma vez, mas várias, e não brevemente, mas por um longo período de tempo. Estou envergonhado."
Tuflos Andros disse…
Caríssimo amigo,
Será disponibilizado o vídeo a palestra da Senadora Kátia Abreu na ILAS?
Cordialmente,
Eduardo Velasco
Natal/RN