Excelente notícia: Aziz Ab'Saber está contra a reforma do Código Florestal

Ab'Saber plantando batatas no
asfalto de São Paulo em foto de
Milton Jung CBNSP
Aziz Ab'Saber é contra tudo o que é bom para a Amazônia. Foi inimigo ferrenho de Marina Silva quando Marina Silva tentou aprovar a Lei de Gestão de Florestas Públicas, uma das poucas dentro que Marina Silva deu quando ocupou o Ministério do ½ Ambiente. A razão para esse alinhamento automático de Ab'Saber contra todas as medidas realistas que se pensa para a Amazônia é simples. O velho geógrafo tem uma visão torta da região.

A maioria das pessoas que vive fora da Amazônia vê a região como uma paisagem. Em geral a paisagem é uma florestal rica e biodiversa cheia de índios e ribeirinhos incessantemente perseguidos por latifundiários e grileiros e seus capangas. Ab'Saber acha que a Amazônia é assim. Ele desconsidera que aqui, na Amazônia, vivem 25 milhões de brasileiros. Então, quando alguém sugere uma medida para a Amazônia real, quem vê a região como uma paisagem, acha a medida absurda. É por isso que Ab'Saber em geral fica contra todas as medidas que podem ter alguma eficácia na Amazônia.

Aziz Ab'Saber deu uma entrevista ao portal Terra Magazine. Aliás, o portal Terra vem fazendo lobby escrachado para as ONGs. Todas as pautas e entrevistas são direcionadas para mostrar só um ponto de vista. Será que tem jabá? Clique aqui e lei a entrevista no Portal Terra. Repare que o velhinho já não diz coisa com coisa. Em um dos trechos da entrevista ao tentar responder a pergunta de como aliar desenvolvimento econômico com preservação, Ab'Saber responde: "A alternativa é não ampliar o espaço da Reserva Legal das propriedades. Tem gente que tem propriedade de um milhão de hectares na Amazônia. Até gente do exterior. Se você, em vez de conservar os 20% passíveis de serem ocupados por atividades agrárias, passar para 80%, imagina o que vai ser. Vão arrasar tudo, vender para terceiros desesperados para ter um patrimoniozinho.

Perceberam? O velhinho tá assombrado. Ninguém está propondo reduzir a Reserva Legal na Amazônia. Em todo caso, o fato de Ab'Saber estar contra a reforma do Código Florestal é um forte indício de que a reforma é boa.

Em tempo, já disse aqui no blog que a tradução de "Ab" do árabe arcaico é "não".

Comentários

FORA IPCC MENTIROSO!

AQUECIMENTO GLOBAL CRIADO PELO HOMEM NÃO EXISTE!

NO BRASIL A DITADURA AMBIENTAL AGE EM FUNÇÃO DAS MENTIRAS GERADAS A PARTIR DESSAS PESQUISAS MONTADAS E MENTIROSAS DO IPCC.

IPCC É LIGADO A ONU E ESTA TEM COMO OBJETIVO CRIAR UM GOVERNO ÚNICO, DAÍ TENTA CRIAR ANSIEDADE MUNDIAL PARA QUE OS RECURSOS NATURAIS SEJAM POUPADOS E MAIS TARDE TRANSFERIDOS PARA O GOVERNO ÚNICO, QUE POR SUA VEZ OS USARÁ PARA CONTROLAR A HUMANIDADE E ENTÃO MARCAR A TODOS COM O NÚMERO DA BESTA 666.
O debate é importante e faz parte do processo discordar de posicionamentos, inclusive de pessoas de notável saber, como o Prof.Aziz Ab'Saber. Só não acho razoável se referir ao Prof. Aziz como "velhinho", ou falar que ele está "assombrado". Parece-me um pouco de desrespeito. Penso que seria melhor apenas apontar os eventuais equívocos do Prof. Aziz, de forma objetiva.
Ana disse…
Para as futuras gerações que virão, está reservada uma grande selva, regada pelas ideologias inconsistentes. Este será o Brasil do futuro a continuar a andar na marcha ré. Assim como há reservas de etnias, vivendo em um espaço peculiar com seus próprios costumes, teremos um mundo à parte , num contraste entre o homem de marte com o homem das florestas.
As gerações de hoje são o futuro de ontem e parece que pelo presente nunca contemplaremos aquela visão sonhada do passado.
Nossos filhos, netos e bisnetos, merecem um mundo melhor numa interação com o progresso e conhecimento dentro da evolução humana e esta evolução deve atingir a todos, o contrário, é voltar para o estado homem-macaco, cujo destino era pular de galho em galho.
O Planeta Terra é de todos, não de um grupo dominante que quer nos empurrar para uma selva com a cabeça cheia de falsas ideologias até fazer-nos acreditar que somos bichos.
Minha geração merece a vida em abundância que Jesus nos concedeu.
Ciro Siqueira disse…
É preciso ponderar sobre o que versa esse notório saber.
Se você pedir ao melhor físico quântico da terra uma opinião sobre como acabar com o desmatamento da Amazônia, é muito provável que a opinião dele se inútil. Ele tem notório saber em física quântica, não na questão Amazônica.
Tem muito disso no Código Florestal. O prof. Roberto Rodrigues, da Esalq, é biólogo, mas fala de tolices sobre economia florestal usando a autoridade acadêmica de biólogo para dar um ar de correção às bobagens sobre economia. O mesmo faz o climatólogo do INPE, Carlos Nobre, ao falar sobre pedologia. São todos charlatões.
Luiz Prado disse…
Ele tá meio gagá, mal humoradérrimo, e gostaria de congelar o mundo.
O Aziz já fez muitos trabalhos de campo na Amazônia, produziu o mapa de domínios morfoclimáticos do Brasil, você acha mesmo que ele não conhece o brasil e a região amazônica, leia algo que é científico, não aproprie de leituras que é do senso comum, você não sabe nada a respeito, caso soubesse, notaria que a maioria das terras da amazônia são griladas, pegue dados do IBGE e do INCRA.
Ciro Siqueira disse…
Vivo aqui na Amazônia desde quando nasci e náo conheço todos esses grilos.