Quem não pode com o pote não pega na rodilha: Governo vai ceder no Código Florestal

Aldo Rebelo dobrou Izabella Teixeira. A jornalista Marta Salomon de O Estado de São Paulo publicou hoje que o governo pretende ceder nas exigências de recuperação de APPs sobre áreas agrícolas consolidadas e na isenção de Reserva Legal para pequenos imóveis.
O governo, por imposição de Izabella Teixeira, pretende impor limites maiores e generalizados de APP e não abre mão da Reserva Legal em todos os imóveis, incluindo os pequenos. Aldo sabe que essa decisão, embora seja melhor do ponto de vista do meio ambiente, resultará na destruição do modo de vida e produção de milhões de pequenos imóveis. A turma de Izabella não está nem aí para isso, mas Aldo se recusa a incluir em seu relatório pontos que levem à destruição da pequena produção agrícola.
Anteontem, o governo tentou dobrar Aldo Rebelo numa reunião no gabinete do Deputado Cândido Vacarezza com a presença dos ministros da agricultura, Wagner boca-aberta Rossi, e do ½ ambiente, Izabella Teixeira. Vacarezza caiu na besteira de tentar convencer Aldo a ceder com o argumento de que a presidenta Dilma Ruimsseff estava enfrentando “pressões internacionais para preservar o meio ambiente”. Foi o mesmo que estapear Aldo Rebelo. Aldo é um nacionalista fervoroso.
Quem está sob pressão é o governo e a ministra Izabella
Depois da derrota por 399 votos a 18 o governo entendeu que não poderia impor nada. A base de sustentação parlamentar de Dilma, incluindo os deputados do próprio PT ligados ao campo, não aceitam mais os absurdos do Código Florestal vigente. O adiamento da votação da última terça não foi uma derrota dos produtores rurais, mas um recuo do governo para evitar uma derrota definitiva.
Aldo sabe disso. Por essa razão ameaçou entregar a relatoria caso o governo permanecesse intransigente. Aldo passou o sinal de quem precisa se coçar é o governo, não ele. No fundo o governo não tem outra opção, ou retira do seu acordo os pontos que destroem a pequena agricultura, ou será derrotado no Congresso. Resta saber se as pressões internacionais que Dilma está recebendo não a farão vender a destruição da pequena agricultura nacional por trinta moedas de dinheiro verde.

4 comentários:

Luiz Henrique disse...

Imaginem as pressões sobre Aldo durante este período todo, este Deputado tem caráter, seus ideais não estão a venda, não esta ali por interesses particulares, passei a ser um grande admirador.

Flávia e Wagner disse...

Será o fim da era MMA onguisado?

Os resultados comprovam que o Ibama, órgão técnico derivado do IBDF, a partir de 2002 passou a ser gerido por prosélitos incompetentes que não conseguiram analisar, concluir e emitir pareceres, com ou sem condicionantes mitigadoras de impactos acerca de processos que alteram o meio ambiente, inclusive sobre os que se enquadram no MDL – Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. Isso forçou seu desmonte e a criação do ICMBio em 2007, separando assim a tiririca do milharal.
Sobre a criação do ICMBio – Inst. C. Mendes da Biodiversidade, entendo que a história ratifica o porque da ação, ao analisarmos o MMA onguisado da era PT, principalmente nas eras Marina com o câncer crônico João Paulo Capobianco e Minc que por si só já é um câncer, a serviço de organismos internacionais que nunca se preocupam com a Biodiversidade, nem em seus países muito menos aqui, e sim com o controle e manipulação efetiva do necessário desenvolvimento de países como o Brasil, Austrália, Leste da África e outros.
Quando o governo, com influência de Isabela, pensa em dar luz ao Serviço Florestal Brasileiro – SFB, para gerir as Unidades de Conservação – UC de uso sustentável (FLONAS, RESEX, RDS, APA e outras da lei 9985/2000, verificamos que, mesmo rachando o IBAMA, os problemas continuaram e ficaram maiores do que a urgência do licenciamento das Hidrelétricas do Madeira e do Mamoré e o seu filhote ilustre – ICMBio continua incomodando, agora sobre as obras do PAC, ao ponto do CONAMA, presidido por Isabela, publicar a Resolução 428/2010 que deixou os ecossocialistas da miséria enfurecidos.
Penso que o processo de separação do Ibama se iniciou em 2002, quando “abriram” concurso publico para todos os cursos superiores, sem uma seleção técnica do conhecimento em ciências ambientais e, assim, inseriram em seu quadro, profissionais das mais diversas áreas do conhecimento (odontologia, arquitetura, enfermagem, filosofia, musica,...) que, mesmo sendo excepcionais em suas atribuições, ficam sustados diante do conjunto de conhecimentos sistematizados, obtidos mediante a aplicação da observação e do método experimental científico, tendo como objetivo a biodiversidade – ciência ambiental. Daí resta apenas o proselitismo.
Como podemos ver, meus amigos: “Está tudo dominado”, ainda.

Wagner Salles

osenhordashostes disse...

Como consequência do tratamento feito de forma igual aos proprietários rurais, Rebelo vê uma forte possibilidade de êxodo rural em grande escala. “O governo já sabe, porque informei, que se adotarmos a posição de não tratar de forma diferente os pequenos proprietários famílias que moram no campo terão que se mudar para as periferias das cidades de todo o Brasil sem profissão, sem emprego e sem moradia”, explica.

REALMENTE REBELO ESTÁ CERTO, QUEM JÁ NÃO PREVIA ISSO EM RELAÇÃO A UM POSSÍVEL ÊXODO RURAL?

ALDO ESTÁ FAZENDO UM TRABALHO MAIS QUE EXCELENTE, ALÉM DE ESTAR DIVULGANDO PARA TODA A SOCIEDADE BRASILEIRA, TODA A SUJEIRA DESTES
"SOLDADOS VERDES DO ANTICRISTO", E INCLUSIVE MOSTRANDO A TODO MUNDO A REAL INTENÇÃO DELES COM ESSE PAPINHO DE QUE VAI SALVAR O PLANETA, MAS NA REALIDADE, QUEREM SALVAR O INTERESSES DOS PAÍSES RICOS E O INTERESSE MALIGNO DA ONU.

QUE VERGONHA! QUANTA INGENUIDADE DE NOSSO GOVERNO QUE PARA TOMAR UMA DECISÃO TÃO IMPORTANTE COMO ESSA, SE DEIXA SER PRESSIONADO POR ESSAS ONGS.

QUE GOVERNO É ESSE??? FRACO!!!!!

ORA ESSA, MANDE-AS EMBORA, PEGAREM SUAS MALAS, ENCHEREM DE ÁRVORES PARA PLANTAREM NA EUROPA!!

WAGNER ROSSI, VOCÊ ESTÁ NO CARGO ERRADO, POIS DEVERIA SER UM AMBIENTALISTA LIGADO A ONGS INTERNACIONAIS, POIS, NA REALIDADE, ELES SÃO VERDADEIROS TRAIDORES DA PÁTRIA.

OBS. NÃO SOU CONTRA NENHUM ESTRANGEIRO QUE QUEIRA MORAR NO BRASIL, MAS SOU CONTRA ESTES GAFANHOTOS QUE JÁ ESTÃO AQUI, QUE SE VESTEM DE VERDE E AMARELO, MAS QUEREM LITERALMENTE NOS DESTRUIR, MENTINDO DESCARADAMENTE QUE ESTAMOS DESTRUINDO TUDO E ATÉ SUGERINDO A ENTREGA DE NOSSA AMAZÔNIA PARA OS LOBOS EUROPEUS.

nezia disse...

www.youtube.com/watch?v=dA2AcSNHR6U
Caro Ciro, veja a profecia do maior sertanista brasileiro, Orlando Villas Boas, referente a pressão internacional sobre a Amazônia, para deleite dos falsos ambientalistas, e alguns brasileiros que estão com a mente cauterizada por eles.