Código Florestal: Palocci ameaçou demitir Wagner Rossi

Antes da votação do Código Florestal, o Ministro Palocci, pressionado pelo escândalo envolvendo seu enriquecimento e pela chantagem de Marina Silva que ameaçou queimar o Brasil no exterior denunciando a conivência de Dilma com desmatadores, passou a mão no telefone e ligou para o Vice Presidente, Michel Temer, a mando de Dilma, na madrugada de segunda-feira.

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, Palocci foi direto ao assunto. Sem cerimônia, avisou que os ministros do PMDB seriam demitidos se o partido aprovasse emenda ao Código Florestal. No bate-boca que se seguiu, Palocci disse a Temer que a degola começaria pelo ministro da Agricultura, Wagner Rossi, indicado por Temer. "Se é assim, é melhor o PMDB entregar todos os cargos", reagiu, irritado, o vice-presidente.

Palocci, me faz um favor, faz um favor aos produtores rurais do Brasil, demita Wagner Rossi.

Comentários

Luiz Henrique disse…
Este FDP do Palocci tentou levar para forca milhares de agricultores para tirar a corda de seu pescoço, blefou!!! Ainda bem que o PMDB teve hombridade. Quanto ao Wagner Rossi, já é tempo do próprio PMDB perceber que ele não tem a menor capacidade para o cargo.
Ciro Siqueira disse…
Pro Temer pouco importa se o Wagner Rossi é bom ou ruim para a agricultura. O PMDB não se moverá a não ser o setor rural dê demonstrações claras de que não respeita e não quer o Rossi.
CADA UMA!

CHANTAGEM PARA TODO O LADO!

NÃO DÁ NEM PARA ACREDITAR!
WAGNER ROSSI, UM PAMONHA...RISOS

MARINA SILVA, CHANTAGISTA FORA DE CONTROLE E INCONFORMADA

PALOCCI, UM DEMÔNIO

DILMA, COM OS NERVOS NA FLOR DA PELE.

MICHEL TEMER, ESTARRECIDO.
Luiz Prado disse…
A mediocridade imperando, essa canalha só consegue colocar as coisas em termos binários, sim ou não. E, evidentemente, não admite a democracia - o PT é bem parecido com os governos militares no que se refere ao papel do Congresso.