Código Florestal: Domocracia de ONG

Marina Silva deu uma carteirada e botou o Greenpeace dentro do Palácio do Planalto. As ONGs estão fazendo pressão diretamente na Casa Civil. Os ambientalistas André Lima e Paulo Adário do Greenpeace, dois dos seus Marina’s Boys, estão nesse momento pressionando Antônio Palocci a barrar a votação do Relatório de Aldo Rebelo.

Quantos produtores rurais foram recebidos por Palocci para tratar desse tema?

É isso que Marina Silva e seus Marina’s Boys entendem por democracia.

Comentários

Joaquim disse…
O que a Marina da Silva produzia quando ela era grileira no Acre?
Gabriel disse…
Democracia não é roubar um dominio para levantar a bandeira ruralista em detrimento de um bem ÚNICO no planeta, que é a Biodiversidade.

Nossa lei ambiental não atrapalha o produtor rural, o que atrapalha é o ATRASO TECNOLÓGICO o qual ele se encontra. Esse é o mais fiel retrato da grande maioria dos nossos produtos agrícolas, produzem pouco, com pouquissima eficiência.

Isso pra não falar na anistia aos madeireiros e devastadores. Um verdadeiro absurdo!

Podemos produzir muito mais alimento sem tocar no código ambiental!! Basta vontade política!!!
Luiz Prado disse…
MARINA É A TERCEIRA VIA: CONEXÃO DIRETA ENTRE XAPURI, DE ONDE ELA NUNCA SAIU MENTALMENTE, E O GREENPEACE, FINANCIADO POR INTERESSES QUE ELES NUNCA REVELAM. AFINAL, DE QUE SERVE A AGENCIA BRASILEIRA DE INFORMAÇÕES - ABIN? ALGUÉM IMAGINA UMA ONG GRINGA QUESTIONANDO DECISÕES DO CONGRESSO NORTE-AMERICANO JUNTO AO CHEFE DA CASA CIVIL (CHIEF OF STAFF) DAQUELE PAÍS? ESSE PALOCCI ENTENDE MESMO É DE QUEBRA DE CONTA DE CASEIRO DE CASA USADA PARA MUTRETAAS.
Luiz Prado disse…
QUANTO À BIODIVERSIDADE, GABRIEL, QUE TAL SE O TAL DO GOVERNO OU PODER PÚBLICO SOUBESSE CUIDAR DOS 46% DA AMAZÔNIA QUE JÁ SÃO UCs E TERRAS INDÍGENAS????? AÍ A BIODIVERSIDADE ESTARIA PROTEGIDA, COMO NOS PAÍSES SÉRIOS.

QUANTO À TECNOLOGIA, VAMOS LÁ. O BRASIL JÁ USA A MELHOR TECNOLOGIA PARA A PRODUÇÃO DE COMMODITIES PARA A EXPORTAÇÁO. TODA ELA DEPENDE DA MONSANTO, DA BUNGE E DE EMPRESAS ESTRANGEIRAS.

QUAL É MESMO A MELHOR TECNOLOGIA PARA A PRODUÇÃO DE FEIJÃO, QUE HA MESES IMPORTAMOS DA CHINA?

E DE ARROZ? QUE TAL O TERRACEAMENTO DE TODAS AS ENCOSTAS COM POTENCIAL PRODUTIVO, COMO NA ÁSIA?
Flávia e Wagner disse…
O Brasil tem mais de 16 milhões de miseráveis (IBGE, 2010) que ganham até R$70,00/mês. Isto depois de 8 anos de esforço populista.
A agricultura familiar e os pequenos agricultores (até 4 módulos fiscais) sempre estiveram abandonados, sem extensão rural do governo e, consequentemente sem financiamentos, sem a tecnologia de alta produtividade dominada apenas pelos latifundios que produzem soja, cana de açucar, madeira para celulose, etc. Com certeza, meus prezados, basta apenas vontade política mas, pelo que vimos ontem na declaração da Isabela Teixeira no JN - "Estamos longe de concordar com o projeto de lei do Aldo", a tendência é desanimadora.
Quem sabe não consigamos, após concordarmos com a Ministra do 1/2 Ambiente, embutir neste acordo alguns itens como:
1-Extensão rural aos familiares, pequenos e médios produtores;
2-Financiamentos com o prazo de carência da produção da cultura;
3-O valor do aluguel da terra para quem preserva/recupera, fornecido pelo governo;
4-Doação pelo governo de sementes certificadas e/ou clones produtivos;
5-Assistência técnica especializada fornecida pelo governo;
6-Estudos de mercado e venda dos produtos.
7-Outros.

Wagner Salles