Terrorismo ambiental: veja como mentem alguns especialistas sobre o Código Florestal

Ontem o ambientalista governamental, Luciano Evaristo, diretor de alguma coisa do Ibama, levantou na imprensa a mentira de que a expectativa de votação do Relatório de Aldo Rebelo já estava levando a um aumento do desmatamento da Amazônia (Leia a matéria no portal UOL). Logo em seguida os ambientalistass não governamentais, Paulo Barreto, da ONG Imazon, e Adriana Ramos, da ONG ISA, replicaram a mentira no twitter e a papagaiada foi repetida por muitos outros.

Hoje, o Inpe anunciou que o desmatamento na Amazônia nos dois primeiros meses de 2011 foi 90% menor do que o desmatamento verificado no mesmo período do ano passado (Leia a matéria no Estadão). Perceberam o tamanho da mentira?

Essa turma acha legal fazer lobby assim, mentindo, manipulando a opinião pública, enganando o cidadão urbano que não conhece o assunto com profundidade mas confia nos verdes. Depois não entendem porque a lei não funciona.

Comentários

Luiz Prado disse…
MENTIR É A NATUREZA DESSES, COMO PICAR É A NATUREZA DO ESCORPIÃO. COM A DIFERENÇA DE QUE OS ESCORPIÕES NÃO SÃO MOLEQUES.
[dayana peixoto] disse…
Quando os argumentos se esgotam só resta a verdade inventada. Apelar para mentiras é um recurso evasivo e deprimente.