A pequena agricultura que se dane. Governo insistirá na imposição de Reserva Legal para todos

Depois que o borra-botas do Wagner Rossi se abaixou para a Ministra Izabella Teixeira e aceitou que o governo mantivesse em sua posição oficial a imposição da Reserva Legal para pequenos produtores rurais, o governo agora vem à carga defender seu acordo. Demonstrando a força e o compromisso que Wagner Rossi não teve, Aldo Rebelo manterá em seu relatório a isenção de Reserva Legal para pequenos produtores. Em entrevista ao Portal G1, Rebelo deu o tom, "se o governo quiser, vai ter que mobilizar os partidos. Não vou fazer porque considero socialmente uma tragédia. É o mesmo que decretar o extermínio de uma parte da agricultura familiar.”

Ambientalista não liga para tragédia social. Para eles, preservar o 1/2 ambiente não tem preço. Se depender de Izabella Teixeira o governo obedecerá Aldo Rebelo e já se prepara para mobilizar os partidos. A ministra encomendou aos seus técnicos um estudo que conclui que 200 milhões de hectares não precisão ser recuperados e usará esse número para convencer parlamentares da base aliada a derrubar esse artigo do Relatório de Aldo Rebelo.

Hoje a jornalista Marta Salomom, da Agência Estado, começou a doutrinação ambiental via imprensa eletrônica com o artigo Código ameaça 200 mil km 2 de mata. A desonestidade da jornalista começa pelo título da reportagem. O Relatório de Aldo Rebelo apenas dispensa pequenos imóveis da obrigação de recuperarem a área de Reserva Legal. O texto não autoriza nenhum desmatamento novo. Mas isso não impediu a jornalista de dizer que o relatório "ameaça" florestas.

A jornalista e o estudo dos ambientalistas do governo esquecem de dizer à sociedade e aos deputados que esses 200 milhões de hectares são de áreas agrícolas que, pela lei atual, tem que virar Reserva Legal. São 200 milhões de hectares que hoje produzem arroz, milho, soja, carne, algodão, feijão, mandioca, tomate, cujo cultivo a lei vigente torna crime. Alguns pequenos agricultores dependem dessa área para viver e é por isso que Aldo insiste em manter esse ponto do seu relatório.

O governo, com a anuência do boca-aberta do Wagner Rossi, quer que pequenos agricultores destruam esses cultivos para recuperarem Reserva Legal. Você concorda com isso? Por que os ambientalistas do governo e os jornalistas não jogam limpo com a sociedade?

Comentários

osenhordashostes disse…
Fora, Wagner Rossi!

Traidor!!!!!
osenhordashostes disse…
FORA, WAGNER ROSSI!!!

TRAIDOR!!

VAI PLANTAR ÁRVORES JUNTO COM OS AMBIENTALISTAS!

COMO OS POBRES MISERÁVEIS AGRICULTORES PODEM MANTER RESERVA LEGAL SE NEM DINHEIRO PARA PAGAR PARA CONSERTAR OS DENTES DELES QUE ESTÃO CAINDO???
Henrique Vilani disse…
Como citei no twitter, é muito complicado determinar algo ainda mais quando se trata da vida de pessoas em torno dessas áreas. Algumas relativamente grande, concordo que deveriam ter sua área de reserva legal.. mas esses 200 milhões de hectares hj tem um uso adequado que gera renda para essas familia e abastece parte do país. Tem que se ter muito cuidado, quando se faz essas determinações.. Os AMBIENTALISTAS são um dos grande problemas. Lógico que existem áreas que precisavm ser preservadas, mas muitas o que é necessário é cnservação. Dois conceitos muitos diferentes. Agora o que se deve realmente fazer, estudos das áreas, levantamento de dados sobre o uso da terra, o tamanho das mesmas, número de famílias dessas áreas e tomar um decisão para cada canto. Não acredito ser possível uma generalização. O país precisa de crescimento e tem que ser igualitário. E para finalizar todo esse terrorismo ambiental só é prejudicial, aliena os desinformados e impede ações de desenvolvimento sustentável.
osenhordashostes disse…
VOCÊS ESTÃO LOUCOS?

ACEITAM UMA RESERVA LEGAL DE 80 POR CENTO NA AMAZÔNIA?

AINDA O RESTANTE 20 POR CENTO FICA SUJEITO AS LEGISLAÇÃO MALUCA IMPORTADA?

QUE VERGONHA!!

VOCÊS POLÍTICOS, COM CERTEZA PERDERAM O JUÍZO.

ACHA QUE PRESERVAR DESSA MANEIRA OS NOSSOS NETOS VÃO PODER USUFRUIR?

COMO USUFRUIR SE ESTAS ÁREAS ESTARÃO SOB CONTROLE DE ENTIDADES INTERNACIONAIS, INCLUSIVE DA ONU???

BRASILEIROS, ACORDEM E PAREM DE SE PREOCUPAR COM AQUECIMENTO GLOBAL QUE NÃO EXISTE, POIS É UMA FARSA!!
osenhordashostes disse…
AS ONGS INTERNACIONAIS ESTÃO INDO LONGE DEMAIS, POIS POUCO SE PREOCUPAM COM SEUS PAÍSES DE ORIGEM, MAS LUTAM COM TODAS AS FORÇAS PARA BLOQUEAR O DESENVOLVIMENTO DE PAÍSES POBRES, AUMENTANDO ASSIM, A POBREZA DOS MESMOS, VISTO QUE SUA AGROPECUÁRIA TENDE A SE ENFRAQUECER, POIS ÁREAS DESTINADAS A AGROPECUÁRIA ACABAM INDO PARA OS ANIMAIS SELVAGENS.

VEJA A AMAZÔNIA É IMENSA E A MAIOR PARTE DA FLORESTA ESTÁ INTACTA, MAS ESTES DEMÔNIOS QUEREM IMPEDIR A OCUPAÇÃO MÍNIMA POR PARTE DOS BRASILEIROS NELA
Caro Ciro,

Infelizmente acho que o Aldo também não tem suficiente força e compromisso, pois parece que manterá as APPs de Topo de Morro, Encostas e outros absurdos do jeito que estão no atual Código Florestal.

O Brasil é um país invertido, onde os ambientalistas são falcões e os ruralistas são pombas.

Vinícius Nardi, Preservação e Desenvolvimento Justos, Sustentáveis e Eficazes
osenhordashostes disse…
GREENPEACE, ESTA PRAGA VEIO PARA DESTRUIR O BRASIL TRAZENDO MAIS POBREZA, POIS ESTÁ, AOS POUCOS CONSEQUINDO MAIS FORÇA JUNTO AOS POLÍTICOS, ISSO PROVA QUE O BRASILEIRO EM GERAL É UM POVO NÉSCIO QUE SE DEIXA LEVAR POR MOVIMENTOS QUE VÊM DE FORA, SEM AO MENOS QUESTIONÁ-LO.

POR OUTRO LADO, ESSA ENTIDADE MALIGNA E TREVOSA NUNCA SE CANSARÁ ENQUANTO NÃO VER A NOSSA AGROPECUÁRIA DESTRUÍDA.

IMAGINE QUE COM CERTEZA SEREMOS PROIBIDOS POR ESSA (DES)ORGANIZAÇÃO, DE MANEIRA QUE TEREMOS RESTRIÇÕES EM PLANTAR NOS TOPOS DE MORROS, ENCOSTAS, APPS DE BEIRA DE RIO, E AINDA TEMOS DE RESERVAR MATAS AO REDOR DE ALGUMA MINA DE ÁGUA QUE EVENTUALMENTE O POBRE AGRICULTOR TEM EM SUA PROPRIEDADE.

ENQUANTO ISSO, A "ANA" JÁ COMEÇA A COBRAR O USO DE ÁGUA DE ALGUNS RIOS, MAS POR ENQUANTO ESTÃO LIMITADOS, MAS ISSO VAI SE ALASTRAR PRO BRASIL TODO....

...ESTÃO FECHANDO O CERCO E QUEM VAI PAGAR POR TUDO ISSO SERÁ TODA A SOCIEDADE.

O QUE ME CAUSA REVOLTA É VER BRASILEIROS SE ADERINDO A ESSE MOVIMENTO DAS PROFUNDEZAS DO INFERNO(ACREDITEM SE QUISER, ISSO É SATÂNICO), AGINDO COMO SE ESTIVESSEM MESMO FAZENDO BEM A TODA HUMANIDADE, ENQUANTO OS PAÍSES RICOS, NÃO ABREM MÃO DE UM PALMO DE TERRA QUE NÃO SEJA USADO PARA A PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA, CRIAM-SE PARQUES POR ORDEM DA ONU, MAS EVITAM MEXER NA PRODUÇÃO DELES, PREFERINDO INTERFERIR NA PRODUÇÃO DOS PAÍSES POBRES, INCLUSIVE DE MUITOS PAÍSES DA ÁFRICA EVITANDO QUE SE DESENVOLVAM.

SHAME ON YOU BRASILEIROS TOLOS, POLÍTICOS IRRESPONSÁVEIS E SEM RESPEITO PELO PRÓPRIO PAÍS, TÃO POUCO PELOS POBRES!!!!!!

NÃO GOSTARAM?

ENGULAM!!!
Érica disse…
É de burrice extrema deixar essa brecha para os espertinhos, pois se pequenas propriedades não serão mais obrigadas a terem as RLs, então basta as grandes e médias virarem pequenas, e no Brasil, vocês sabem que esse tipo de coisa acontece. E mais, se agricultores terão que abrir mão de boa parte do que produzem para as RLs é porque já estavam fora da lei, senão as RLs já estariam ali!
Concordo que o governo deveria se encarregar de tudo isso, mas o problema está no cidadão, ninguém se dá conta de fazer sua parte, de cuidar dos recursos naturais e bens públicos, e não tem como contratar fiscais para o Brasil inteiro, porque contar com que os brasileiros façam a sua parte temos certeza que não tem como, vizando que alguns ruralistas vão ter que abrir mão do que já produzem para o que já está na lei. Então, não acho justo que ruralistas doem 20% do que é deles, mas ruralistas já desmataram muuito, e não custa cotribuir um pouquinho, além do que, já foram extintas muitas espécies de animais pelo fato desse desmatamento para melhorar a economia, e muitos outros já estão quase extintos, acha justo exterminar vidas pela economia do país? Concordo que posso estar parecendo um pouco dramática, mas é a realidade infelizmente. Quanto as cidades, não podemos regredir e destruir prédios, estradas para implantação de RLs, isso sim seria uma atitude bastante ambientalsta, e não é isso que buscamos, buscamos o EQUILIBRIO, e se está faltando alimento, é juntamente como o nosso amigo ali em cima comentou, é porque a população mundial está extremamente exagerada. O crescimento populacional acelerado é um dos impactos ambientais, posso dizer até que seja um grave impacto ambinetal, exatamente por exterminar com os recursos naturais do nosso planeta.
E mais uma coisa que acho que deve ser retratada é que foi falado que grande parte da amazônia está intacta, é ai que você se engana só restou 7% de tudo que ela já foi!