Governo recua e admite votar o Código Florestal

Nesse momento corre um boato no twitter de que o líder do governo na Câmara, Deputado Cândido Vaccarezza, admitiu votar o requerimento de urgência para a tramitação do Relatório do Deputado Aldo Rebelo que altera o Código Florestal.

O governo vem sofrendo um pressão fortíssima de todos os líderes partidários, da base aliada e da oposição, exceto PV e PSol, que são favoráveis à votação do Relatório de Aldo Rebelo.

Caso o requerimento de urgência seja votado e aprovado hoje o relatório terá prioridade sobre outros temas que constam na pauta de votação da Câmara. Vaccarezza disse ao site Congresso em Foco que o governo admite votar o requerimento de urgência. Na semana passada Vaccarezza havia dito que votar o Código Florestal está fora de cogitação e que o martelo sobre esse assunto estava batido.

O requerimento de urgência pode ser votado a qualquer momento.

Comentários

Ciro Siqueira disse…
O twitter o site Congresso em Foco acaba de informar que 379 deputados assinaram o pedido para que o requerimento de urgência da apreciação do Relatório Rebelo seja votado ainda hoje.