Ativista do Greenpeace disfarçado de vaca tenta o suicídio em protesto contra o Código Floresal

Após protesto, uma ativista do Greenpeace disfarçado de vaca, tentou o suicídio ontem de madrugada em Minas Gerais. O ativista, cujo nome não tem a menor importância, tentou aliviar o planeta de sua existência poluidora atirando-se de um barranco. Felizmente (ou não) um morador local descumpriu o Código Florestal e construiu sua casa embaixo do barranco. Havia uma casa embaixo do barranco. Embaixo do barranco havia uma casa.

O ativista ficou preso no telhado da casa do cidadão que descumpriu o Código Florestal e foi resgatado pelo corpo de bombeiros depois de tomar um sossega leão. Veja tudo no vídeo abaixo:

Comentários

JJ disse…
isso é algum tipo de desculpa para justificar o descumprimento de LEIS? porque não arrancamos todas as arvores do planeta pra finalmente algumas pessoas conseguirem ver alêm do horizonte?
Ciro Siqueira disse…
Não, não é um tipo de desculpa. É uma gozação. Tem gente que acha que enxerga além do horizonte, mas não tira o olho do próprio umbigo... verde.
Luiz Prado disse…
E se esse ativista do Greenpeace for para o abatedouro? Ele tinha "rastreabilidade"?
breno disse…
nossa, cara, que engraçado.
Luiz Henrique disse…
Eis que no Brasil surge a vaca louca, isto que dá se misturar com Ativistas do Greenpeace.