Queimando um livro sagrado

O religioso norte americano que queria queimar publicamente exemplares de um livro sagrado desistiu da idéia, mas este blogger resolveu aproveitar parte dela. Este blogger resolveu ele mesmo queimar um livro sagrado. Assista a tudo no vídeo abaixo.

Comentários

João Lima disse…
Ciro, verdade que praga de urubu não mata cristão, mas te cuida porque a esta hora já devem ter feito bonecos vodoo e te alfinetado até o juízo.

A bem dizer a verdade este "livro sagrado" dos Idiotis ad Omni Custus é uma daquelas barbáries que só quem lucra com elas é que as suporta.
Luiz Prado disse…
NINGUÉM suporta e a queima foi ótima! Esse Código é uma bobagem acabada e se tornou mais ridículo ainda depois do advento da lei das unidades de conservação, ainda que as nossas unidades de conservação sejam quase todas "de papel". O ideal seria a sua simples revogação, já que o valor dele é puramente simbólico, um sonho de encontro do Éden manipulado por políticos que cafetinam votos da juventude e por grana de fora. Vale ler o artigo do professor Antonio Delfim Netto na página da REBIA, hoje - www.rebia.org.br.
Enfim, parece que outras áreas do pensamento nacional estão acordando!

Foro o que, qual o país sério que resolveu os seus problemas de unidades de conservação e de despoluição de rios e de saneamento com base numa estultice similar ao tipo de asneira contida no Código?