Recomendação de leitura: O Código Florestal por Reinaldo Azevedo

Se o consenso dos políticos é pela redução da área plantada, se é isso o que majoritariamente quer a imprensa, que vive malhando vocês, se ninguém tem coragem de defender a produção agropecuária, conformem-se, plantem ou produzam carne na área que eles consideram a ideal. Vocês podem lucrar o mesmo produzindo em menos terras. É verdade que a produção vai cair. Mas o preço vai subir. Pra que ficar dando murro em ponta de faca? Vocês também têm o direito de parecer chiques e preocupados com o futuro da humanidade.

Talvez o Brasil tenha cometido mesmo um grande pecado quando fez a agricultura avançar no cerrado. Aquela região toda deveria ter permanecido intacta. Os brasileiros, hoje em da, em vez de gastar 18% de sua renda — na média — com alimentação, continuariam a torrar os mesmos 48% do fim dos anos 60 e início dos 70. Comida barata, vejam que fabuloso!, significa mais renda para o pobre. Mas, se não querem, por que os produtores devem continuar a ser os alvos das ONGs, dos politicamente corretos e da Marina Silva? Chega de mártires e heróis, não é? Vamos ser todos ambientalistas. É isso aí. Querem diminuir a área plantada em São Paulo? Diminua-se. Querem diminuir a área plantada em Goiás e Mato Grosso? Diminua-se. No aperto, a gente se reúne em torno daquela sábia árvore do filme Avatar e começa dizer coisas estranhas…

São trechos de post publicado hoje no blog do Reinaldo Azevedo. Recomendo fortemente a leitura. E o mesmo ponto de vista que defendo aqui no blog, mas agora o calibre é grosso. Cliquem no link e leiam o texto completo:

E SE A GENTE COMEÇASSE A PRODUZIR MENOS COMIDA, PARA RECUPERAR MATA NATIVA, E APRENDESSE A FAZER MICAGEM E A SE PENDURAR EM ÁRVORES

Comentários

Luiz Henrique disse…
Este texto do Reinaldo Azevedo é uma obra de arte.
Ele esta se superando!
Caros,
O Prof. Ilton que acompanha esse blog praticamente desde o início tentou postar o seguinte comentário, mas houve problemas técnicos. Então vou postar aqui o comentário dele:

"A produção não precisa necessariamente cair com o plantio em área menor como diz Reinaldo Azevedo que está errado mais uma vez quando escreve alguma coisa, especialmente sobre meio ambiente agricultura ou política. Basta aumentar a produtividade. Ai sim, o produtor vai ganhar mais porque está produzindo com maior eficiência, logo de forma mais lucrativa."
Luiz Henrique disse…
Aumentar a produtividade?
O Brasil já da Show em matéria de produtividade, sem mencionar a produtividade em terra roxa, no cerrado alem de maior produção por hectare, produzimos três safras por ano, deixando Americanos e europeus de boca aberta.
Se for necessário aumentar ainda mais a produtividade para compensar o plantio de capoeira, este aumento gerar custos, diminuindo a relação custo/beneficio e o agricultor acabara pagando sozinho a conta do mesmo jeito.
O Reinaldo esta certíssimo!