Ficar fazendo reserva

"Sou o presidente da República que mais fiz reserva no mundo. De vez em quando a gente faz uma reserva e a gente é pego de surpresa com desmatamento e venda de madeira daquela reserva. Eu acho que nós não podemos apenas ficar fazendo a reserva. É preciso que a gente faça a reserva e a gente comece a discutir o que fazer dessa reserva para que as pessoas possam tirar proveito dessa reserva."

Luiz Inácio Lula da Selva, na última quinta-feira, durante o anúncio do Plano Safra da Agricultura Familiar 2010/2011, em Brasília.

Comentários

v.nardi disse…
O presidente Lula Silva afirmou nesta quinta-feira (17.06.2010) que seu governo precisa definir o destino que será dado às reservas ambientais para garantir que as pessoas que vivem nesses locais ganhem dinheiro por protegerem o meio ambiente.
Segundo ele, a iniciativa evitaria o desmatamento dessas reservas. Lula pediu que os ministérios do Desenvolvimento Agrário, Meio Ambiente e Agricultura discutam o assunto.
"É transformar as reservas numa fonte não apenas de preservação, mas numa fonte de ganha pão para quem toma conta dessa reserva", afirmou o presidente em discurso durante a 7a Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária onde participou do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar.
"Por exemplo: ao criar uma reserva, ao invés de a gente tirar as pessoas que moram lá, é pagar um salário para essas pessoas tomarem conta da reserva e serem os guardas das florestas."

Até que enfim um mínimo de bom senso.

O Lula demonstra que tem um mínimo de visão, percebendo que são muitos milhões de pobres pequenos agricultores que estão sendo prejudicados pela Legislação Ambiental que joga sobre eles todo o ônus da Preservação, que beneficia todos nós.

Enquanto isto os verdadeiros causadores da devastação, que são privilegiados Consumidores, médios a ricos, nada pagam pela Preservação que necessitam e usufruem.

Os demais políticos, sem visão nenhuma, vão ficando para trás defendendo uma Legislação Ambiental Socialmente Injusta e INAPLICÁVEL, que na prática não consegue atingir o objetivo da Preservação.

Infelizmente parece que o Lula está pensando em pagar um “salário para as pessoas que moram lá”, provavelmente algo demagógico e barato como uma “bolsa floresta” e isto está incorreto.

O correto é Pagamento pelos Serviços Ambientais (PSA) prestados para todos nós pelas Áreas Preservadas, sejam as obrigatórias por Lei como a Reserva Legal (RL) e Área de Preservação Permanente (APP), sejam as por vontade do possuidor como a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN).

E o PSA deve ser Justo, coerente com a importância dos Serviços Ambientais das Áreas Preservadas, logo tem obrigação de ser igual ou maior do que o possuidor receberia se pudesse dispor livremente de sua área.

Aí sim, vai ter fila de possuidores querendo Preservar e teremos uma Preservação Justa e Sustentável.

Quem não quer um PSA justo está passando a mensagem de que a Preservação não vale nada ou vale uma insignificância e, na realidade, não conseguirá a Preservação.

Vinícius Nardi, por uma Preservação Justa e Sustentável
v.nardi@ig.com.br