Editorial - Nosso blogg fazendo história

Caros, no dia 27 de março passado recebi um e-mail automático do Huffington Post com uma matéria sobre a campanha dos produtores de milho de estado de Ohio, nos EUA, que tratava da necessidade dos produtores americanos brigarem pela "preservação" do meio ambiente em países tropicais como forma de garantir a competitividade dos agricultores norte-americanos atrapalhando a agricultura de países tropicais como o Brasil.

Quem a acompanha o blog e viu o post Os Nacionalistas têm razão?, viu o esforço deste blogg e deste blogger em expor a campanha americana aqui no Brasil. Cópias dessa postagem foram enviadas a diversos parlamentares, de todos as cores, a diversos jornalistas e a vários representantes de sindicatos rurais espalhados Brasil a fora.

Em um evento na Faepa, em Belém, na semana passada, soube que a CNA prepara a tradução e uma nota técnica sobre a campanha dos agricultores norte americanos contra a agricultura brazuca via ½ ambiente. No debate da Globo Newns do post anterior, o Dep. Aldo Rebelo expõe parte do material da campanha dos gringos e a jornal Folha de São Paulo traz hoje uma reportagem do jornalista Claudio Ângelo (que assim como Miriam Leitão vendeu a alma de jornalista imparcial ao diabo verde e assumiu cegamente um lado) sobre a campanha gringa.

Acho que esse é o espírito desse blog. Alertar as pessoas de que o ambientalismo que queremos não é qualquer ambientalismo. A preservação ambiental não deve impor perdas sociais ao povo brasileiro. Preservação ambiental é uma condição para o desenvolvimento do povo brasileiro e não um imperativo em nome do qual podemos sacrificar nossas oportunidades.

Este blog não é feito apenas por mim, mas também pela participação e contribuição de todos vocês. Forte abraço a todos e sigamos metendo nosso bedelho nesse debate.

Comentários

Alma disse…
Parabéns pelo trabalho!
Seu blog mostra que o esforço individual em defesa do que é direito rende frutos.
Nossos parlamentares precisam desse tipo de apoio para saber o que acontece nos quatro cantos desse Brasil.
Felizmente hoje já tem muita gente sabendo dessa campanha, e só os muito ingênuos ou os de má-fé acreditam nas boas intenções de ONGs. Alguém acredita mesmo que não tem nenhum estrangeiro interessado em frear o desenvolvimento do Brasil os financiando?
Abraço

Fernando