Charge da Semana

A defesa pragmática do ½ ambiente.

Comentários

Luiz Prado disse…
A fonte de in$piração dessas ONGs e de outras pode ser encontrada no vídeo publicitário que está em http://www.portaldomeioambiente.org.br/colunistas/luiz-prado.html.

São graneiros comuns! Ou alguém vai tentar convencer alguém que Sarneyzinho é um grande defensor do meio ambiente, a começar pelo feudo da família que é o estado do Maranhão?
Raquel disse…
O extremismo político só leva à piora da situação. Penso que para total proteção do meio ambiente é preciso sim lutarmos, mas nada conseguiremos sem o apoio dos grandes latifundiários e pequenos e médios produtores. De outro modo, estaremos fadados a uma proteção ambiental momentânea que não terá garantias algumas. É preciso que haja consenso entre a bancada ruralista e os ambientalistas. Chega de protestos infundados, radicalismos, egocentrismos e ufanismo. O que mais necessitamos agora é de diálogo. Chega de ataques aos senhores de terras. Chega. Só o diálogo e o entendimento mútuo salvarão as nossas florestas. Pena que muita gente defensora da natureza se recuse ao diálogo porque não dá ibope. Porque não dá espaço ao diversionismo.
De uma centro-direitista.
Concordo com você, Raquel.
Aqui e ali a gente vê manifestações tanto de ambientalistas quanto de ruralistas pedindo por uma terceira via nesse debate. Uma terceira via que consiga debater sem radicalismos.
Veja os posts abaixo:
http://cirosiqueira.blogspot.com/2010/06/o-pito-do-velho-ambientalista.html

http://cirosiqueira.blogspot.com/2010/03/deputado-reage-campanha-exterminadores.html

Em tempo, repara que mesmo você que argumenta pelo fim dos radicalismos ainda usa termo "grandes latifundiários". Latifundiário é um rótulo que fez e faz parte do senso comum e ajuda a polarizar e radicalizar o debate, mas não tem quase nenhuma outra utilidade hoje em dia que não essa.
Se puder dê uma olhada no livro: História do Brasil com Empreendedores de Jorge Caldeira. O livro joga um pouco de luz sobre isso.
Mas no geral concordo com você.
Abs e obrigado pela participação.