Agricultores dos EUA lançam campanha contra o desmatamento no Brasil

Vejam o vídeo abaixo. É o spot de uma campanha patrocinada pelos produtores de milho do meio oeste americano. A campanha advoga que os americanos devem lutar por menos desmatamento em países tropicais como forma de proteger a competitividade dos produtores rurais dos Estados Unidos. Essa campanha já foi notícia aqui no blog por ocasião do seu lançamento na mídia americana, mas nunca é demais lembrar. Infelizmente é necessário algum inglês, mas dá para ter uma idéia vendo o vídeo.

Como se vê os produtores brasileiros não têm que enfrentar apenas a inconseqüência do ministério público.

Comentários

Luiz Prado disse…
Essa é a "ecologia do atraso"! Empregos lá e povo miserável na Amazônia, sem acesso a serviços sociais básicos e muito lixo na beira dos rios.
Petterson disse…
Isso é uma verdadeira loucura. Eles se esqueceram de dizer que a América do Norte (EUA + Canadá) perde mais florestas nativas do que o Brasil, e que mesmo que não perdessem, Europa e EUA podem tranquilamente manter as suas reservas de carbono em forma de florestas em seus próprios territórios.

O tema da soberania precisa ser repensado no mundo atual. ONGs que não entendem nada de desenvolvimento, mas que querem salvar o mundo das bruxas, fazem petições para manter o código florestal, colhem assinaturas de analfabetos do mundo inteiro, e conseguem influenciar a política pública no Brasil. Lobbies estadunidenses fazem vídeos como esses e influenciam decisivamente ecologistas brasileiros.

O setor produtivo rural no Brasil precisa se unir muito mais rapidamente do que está fazendo, caso contrário nos transformaremos em indulgência moral dos ricos.