Código Florestal será votado em junho

O presidente da Câmara, Michel Temer, se comprometeu a colocar o novo código florestal em votação no plenário da Câmara Federal tão logo o projeto seja aprovado na Comissão Especial. A informação é da repórter Carolina Bahia.
Hoje no final da tarde o deputado Pequeno Sarney informou no seu twitter que Michel Temer desmentiu esse comprometimento. "Não existe acordo entre Ruralistas e Temer p/ votar #codigoflorestal em Junho", escreveu Sarneyzinho no twiter.

Apenas a título de recordação, foi Michel Temer quem instituiu a comissão especial presidida por Micheletto e relatada por Aldo Rebelo ainda no ano passado, quando os produtores estavam em vias de serem criminalizados pelo decreto que o sem noção do Minc assinou. Na ocasião da formação da comissão já havia um pré acordo para que o relatório fosse votado assim que saísse da comissão. É ver para crer.

Deve haver uma mobilização de produtores em Brasília. Prepare-se e vá brigar pelos seus interesses.

Comentários

v.nardi disse…
Devemos PRESERVAR, pois é essencial.

Mas não podemos ser coniventes nem omissos com as INJUSTIÇAS da Legislação Ambiental que NÃO É SOCIALMENTE JUSTA NEM ECONÔMICAMENTE VIÁVEL, pois impõe o ônus da preservação só sobre o possuidor de Área a ser Preservada e ainda impõe restrições irracionais, incoerentes, ilegais e sem efeito prático.

As campanhas das ONgs não atingem pessoas que conhecem os absurdos e injustiças das Leis Ambientais. Porém, atingem pessoas do bem, que não tem sabem da realidade e que são atraídas pelo IDEAL de Preservar.

Não se pode atacar estes realmente idealistas e sim esclarecer que o objetivo não é devastar, que é buscar a PRESERVAÇÃO SUSTENTÁVEL, Ecologicamente Correta, mas também Socialmente Justa, Economicamente Viável e Culturalmente Aceita.

ACIMA DE TUDO DEVEMOS ESCLARECER QUE: 1) o consumo é a verdadeira causa da devastação; 2) os consumidores devem pagar o custo ambiental do que consomem; 3) os preservadores devem receber valor justo, coerente com a importância dos serviços ambientais prestados para toda a humanidade; 4) devemos Preservar de forma racional, coerente, técnica, científica e realmente efetiva;

Vinícius Nardi