A ambientalista Gisele Bündchen irá a Comissão do Código Florestal

Vejam essa pérola. Aconteceu hoje (5) na Comissão do Especial do Código Florestal. Depois de Cristiane Torloni e da Mirian Leitão a turma agora quer ouvir as opiniões da Gisele Bündchen sobre o Código Florestal.
video
É de doer, é ou não é?

Comentários

Luiz Henrique disse…
O mais incrível, é de como nenhum parlamentar se levanta para protestar sobre uma barbaridade desta, não há duvida de que estes nomes são de formadores de opinião, mas é incrível como aceitam a opinião de quem não esta gabaritada para dar, isto acontece em propagandas comerciais, estas ONGs estão usando o mesmo critério, esta é uma tática que foi usada pelo regime nazista, insistem em uma mentira até que ela se torne verdade é uma pratica usada constantemente pelo partido do (des) Governo.
João Lima disse…
Ciro, façamos o seguinte: escrevamos um e-mail para a Comissão ESPACIAL (de galáticos) do Código Florestal e peçamos uma audiência para nos manifestarmos. Vejamos o que eles respondem, se é que respondem.
Gisele (e outras(os) da indústria do entretenimento), ganha fortunas estimulando o consumismo supérfluo e irresponsável. Tudo que Gisele e suas fãs consomem vem da natureza, logo Gisele é uma das maiores causadoras do desmatamento para produção e, depois, da poluição causada pelo descarte sem reciclagem nem tratamento.

Gisele “defende o Código Florestal”, uma Lei ilegítima por ser autoritária, arbitrária, SOCIALMENTE INJUSTA, infundada, irracional e no final ineficaz por que não pode ser aplicada sem causar uma TRAGÉDIA SOCIAL.

Gisele e suas fãs não pagam pelo Impacto Ambiental causado pelo seu consumo nem Preservam em seus imóveis urbanos. Será que Gisele tem consciência do absurdo e da incoerência? Será que é uma pessoa de boa fé equivocada ou será que sabe muito bem o que está fazendo?

Se está de boa fé, tem informação suficiente para tomar consciência e repensar suas atitudes em relação ao consumismo supérfluo irresponsável e ao atual ilégítimo Código Florestal.

Vinicius Nardi
Preservação e Desenvolvimento JUSTOS, Sustentáveis e Eficientes
v.nardi@ig.com.br