A nova face do ambientalismo

Lady Green, a musa da Sustentabilidade e primeira DJ carbono neutro da história desse país. Veja o site oficial da musa (ligue os auto falantes para não perder a graça). Élida Braz, a Lady Green, é filiada ao PV e foi assessora da Governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, do PT. Dizem que ela está sendo cotada para ser vice na chapa de Marina Silva. Guilherme Leal está morrendo de ciúmes.

Comentários

v.nardi disse…
É, virou moda ser “ambientalistas” ou melhor "ecologistas festivos".

Gente que consome muito mais do que o necessário, e com este consumismo são os reais causadores da devastação, pois todo produto que consomem tem um impacto ambiental e um custo ambiental, mas eles nada pagam por isto.

Gente que está negativa na sua conta ambiental, mas entram na internet e votam contra a devastação e acham que fizeram a sua parte sem se darem conta que estão causando a devastação e não estão preservando nada.

Gente que quer que os outros preservem enquanto eles continuam no seu consumismo irresponsável.

Gente sem noção, que tem casas ou apartamentos sem nada de área preservada, sendo que muitos
moram em Áreas de Preservação Permanente, principalmente em “Topos de Morros” como por exemplo na Av. Paulista e arredores, etc, etc ...

E, é para esta platéia que jogam os “ambientalistas” querendo manter Leis Ambientais que são insustentáveis, socialmente injustas, economicamente inviáveis.

Preservar beneficia todos, mas o ônus recai só sobre o possuidor que tem sua área confiscada sem nada receber, enquanto os ecologistas festivos levam a vida numa boa.

Vinicius Nardi, v.nardi@ig.com.br
Luiz Prado disse…
Muito engraçada essa vagaba macaqueando gringos...