Agora vai: Torloni e Leitão farão sugestões ao novo Código Florestal

O Deputado Pequeno Sarney, cão-de-fila das ONGs de ½ ambiente, apresentou requerimento na Comissão Especial do Código Florestal convidando a atriz paulistana Cristiani Torloni e a jornalista das Organizações Globo Mirian Leitão para apresentarem suas respectivas, ilustres e midiáticas sugestões sobre o Código Florestal.

Eu não me surpreenderia se as opiniões de Cristiane Torloni e Mirian Leitão fossem consideradas com mais peso pela sociedade do que as opiniões das centenas de produtores ouvidos nas mais de 60 audiências públicas que a comissão realizou por todo o interior do país.

Depois ninguém entende porque uma lei assim construída não funciona.

Comentários

v.nardi disse…
Seria interessante saber onde moram, pois na cidade do Rio de Janeiro, uma faixa de 300,0 (trezentos) metros a partir da linha da maré alta é APP de restinga, uma faixa de 50,0 (cinquenta) ou 100,0 (cem) metros ao redor de lagos, lagoas, mangues, várzeas é APP, sem falar nas demais APPs que são solenemente ignoradas nas áreas urbanas privilegiadas.
emanuel disse…
> ... quando a Mirian Leitão fala de economia eu fico calado pois nao entendo de economia ..porem quando fala de Amazonia, é só besteira ,besteira, besteira....ela odeia produtores rurais... um desastre na midia nacional.
Luiz Henrique disse…
O Duro é que a opinião sem conhecimento de causa, de uma atriz Global, tem mais repercussão do que a de um desconhecido e gabaritado cientista da Embrapa; artistas fazem propaganda de produtos que jamais usaram ou usarão, outros sobem em palanques de candidatos por dinheiro, usam de sua popularidade para opinar a respeito de assuntos de seu total desconhecimento. O brasileiro gosta mais de ler, ou melhor, de ver a Revista Caras do que ler a Veja.