Desmatamento na Amazônia foi maior em 2008

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgou essa semana os dados consolidados do desmatamento de florestas na Amazônia entre agosto de 2007 e agosto de 2008 contabilizados pelo PRODES.

Em 2008, quando o Código Florestal completou 74 anos de ineficácia, o mundo assistiu a perda de 1.290.000 ha de florestas na Amazônia brasileira.


Em maio deste ano o INPE e divulgou dados do desmatamento da Mata Atlântica. A taxa de desmatamento naquele bioma mantém o mesmo ritmo desde 2000. Segundo o monitoramento feito pelo Inpe, o bioma perdeu 102.938 ha entre 2005 e 2008, mais de 34 mil hectares por ano. Entre 2000 e 2005, foi registrada a perda de 34.965 hectares anualmente. São cerca de 35 mil ha de Mata Atlântica perdidos a cada um dos últimos 8 aniversários do Código Florestal.

Congratulações à ineficácia, ao Código Florestal e à fé que a turba tem nele.

Confira as fontes:
Estadão: Ritmo de desmatamento da mata atlântica se mantém desde 2000

Prodes

Nenhum comentário: