Brasileiro contra brasileiro

O que se é capaz de fazer quando se acredita estar salvando o mundo

Novo Progresso (11/08/2009)

A Operação Boi Pirata II, no município de Novo Progresso no Pará, recebeu a visita do ministro de Estado do ½ Ambiente, Carlos Minc.

De acordo com o ministro, a operação conta com um grande efetivo policial. Para a Operação Boi Pirata II, estão disponíveis dois helicópteros, um caminhão tanque, 25 veículos próprios para as estradas da região, além de agentes ambientais do Ibama de vários estados brasileiros, policiais federais, policiais da Força Nacional de Segurança Pública, policiais militares ambientais do Distrito Federal, policiais militares e tropa de choque do estado do Pará, que formam um exército de quase 160 pessoas.

O ministro falou também que, apesar do movimento de vários políticos locais e populares tentando atear fogo na base operativa do Ibama, de um juiz do estado do Pará ter tentado prender o coordenador da operação e da pressão política e econômica local contra a ação do governo na região, a Operação Boi Pirata II seguirá de forma inequívoca.

Fonte: Ascom Ibama

Comentários

É meu amigo...
Junto com o "boi pirata" eles levam os sonhos e mito do trabalho daqueles que deram o suor pela região...

Enquanto isso, em Copacabana... O Sr. Ministro pega sol de rayban e bebe um chopp geladinho...

Azar o nosso, que mora por aqui...
Anônimo disse…
Nessa questão os proprietários rurais parecem errados, porque exigem reintegração de posse quando o MST invade uma propriedade particular mais se acham com o direito de invadir propriedade pública?
Anônimo disse…
Nessa questão os proprietários rurais parecem errados, porque exigem reintegração de posse quando o MST invade uma propriedade particular mais se acham com o direito de invadir propriedade pública?