PMDB expulsa Junior Friboi por monopólio na cadeia da carne

José Batista Júnior, fundador do grupo JBS Friboi (Ricardo Rafael/O Popular/Estadão Conteúdo)
O site da Veja informou ontem que o empresário José Batista Junior, conhecido como Junior Friboi, foi expulso do PMDB de Goiás na última segunda-feira. A decisão foi tomada no Conselho de Ética por maioria de votos: quatro a dois. Um dos motivos que levaram à saída do empresário foi a acusação de ser dono de uma empresa monopolista do mercado de proteína animal, o que causou dissabores aos pecuaristas do país.

Legislativo aprova lei que incentiva a intensificação da pecuária

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (17) o Projeto de Lei 4362/08, do Senado, que permite a concessão de incentivos especiais pelo Poder Público aos produtores rurais que trocarem a pecuária extensiva pela intensiva. Como tramita em caráter conclusivo, o texto, que já havia sido aprovado pela Comissão de Agricultura Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, segue para sanção presidencial, a menos que seja apresentado requerimento para que o Plenário da Câmara também analise o projeto.

O produtor rural deve ou não pagar pelo CAR?

Cuidado com os desenhadores de mapas
O novo Código Florestal criou a figura do Cadastro Ambiental Rural (CAR), um registro eletrônico por meio do qual o produtor deve declarar ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) a situação de suas propriedades.

Diante da dificuldade de operação da ferramenta muitos produtores estão contratando e pagando técnicos para inclusão das suas propriedades no CAR. Alguns desses técnicos têm cobrado preços que variam no razoável à extorsão para realizar o serviço. Quanto mais o governo cobra o CAR, mais caro os técnicos cobram dos produtores rurais, o que tem provocado queixas.

O CAR foi feito para ser gratuito. Basta entrar na página do www.car.gov.br e seguir as orientações. O Ministério do Meio Ambiente alega que capacitou mais de 30 mil pessoas em todo o Brasil para auxiliar os proprietários rurais, mas não explica por que razão esses técnicos deveriam trabalhar de graça.

Mas, afinal de contas, o produtor rural deve ou não pagar para que um técnico faça o cadastro ambiental rural de suas propriedades?

Meio Ambiente e Agricultura de mãos dadas: Projeto apresenta sistema de gestão territorial para a Amazônia

O Ministério do Meio Ambiente e a Embrapa, empresa de pesquisa agropecuária ligada ao Ministério da Agricultura, apresentaram na ultima terça-feira (26/05) aos gestores públicos de Roraima os resultados do Projeto Uniformização do Zoneamento Ecológico-Econômico da Amazônia Legal (UZEE). O projeto aponta quais as áreas aptas para o plantio de espécies produtoras de energia em todos os estados da Amazônia Legal e implementa um sistema integrado de informações sobre a região. A apresentação será realizada no Auditório da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento (SEPLAN), às 14h.